Melhores de 2012: Direção de Arte

The ArtistAvaliando a produção contemporânea, “O Artista” se apresenta como obra atípica. Se a fotografia em preto e branco pode afugentar muitos espectadores, o que dizer então da ausência de diálogos? Pois “O Artista” superou os limites de resgatar elementos quase obsoletos e conquistou todo o mundo. Parte deste resultado é obtido com o trabalho da dupla Laurence Bennett e Robert Gould, responsáveis pela cenografia de “O Artista”. Além de curiosa, a produção é mágica ao nos fazer embarcar na Hollywood que passava pela transição do cinema mudo para o falado. Eis mais uma reconstituição de uma época já distante processada com perfeição na tela.

Vencedor: “O Artista” (Laurence Bennett e Robert Gould)

Outros indicados: A Invenção de Hugo Cabret” | “Anônimo” | “Moonrise Kingdom” | “Prometheus

Em 2011: Alexandria
Em 2010:Alice no País das Maravilhas
Em 2009: “Bastardos Inglórios
Em 2008: Um Plano Brilhante
Em 2007:  “Harry Potter e a Ordem da Fênix

Anúncios

Uma resposta para “Melhores de 2012: Direção de Arte

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s