Frankenweenie

FrankenweenieDemorou para o sonho de Tim Burton em transformar “Frankenweenie” em longa-metragem se tornar realidade. Outrora realizado em formato de curta-metragem, o cineasta aguardava pelo momento em que a tecnologia se mostrasse avançada o suficiente, bem como a chance de viabilizá-lo através de um grande estúdio. Eis que a hora chegou para Tim Burton fazer “Frankenweenie” do jeito que sempre visualizou em sua mente.

É a Disney, plenamente satisfeita com o um bilhão de dólares que “Alice no País das Maravilhas” atraiu para o seu cofre, que investe nesta história com pesada atmosfera gótica sobre Bob (voz de Robert Capron, de “Diário de Um Banana”), um menino introspectivo que passa a maior parte do seu tempo fora da escola na companhia do seu cachorro Sparky. Em um jogo de baseball, o pior acontece: ao correr para apanhar a bola em que Bob acertou com seu taco após um arremesso, Sparky é atropelado. O cãozinho não resiste e Bob está tão inconformado que decide por em prática uma experiência científica que pode trazer os mortos de volta à vida.

Para esta história, Tim Burton e o roteirista John August se inspiram em clássicos do cinema fantástico como “Frankenstein”. Há também personagens secundários cujos nomes fazem uma divertida homenagem à grandes personagens e nomes da literatura gótica, como Elsa Van Helsing (voz de Winona Ryder), vizinha de Bob, e Edgar ‘E’ Gore (Atticus Shaffer), brincadeira óbvia com o poeta e autor americano Edgar Allan Poe.

Este fator, somado ao preto e branco e a técnica de stop motion, entrega uma animação atípica para o público infantil, algo que justifica sua baixa popularidade no circuito comercial. Adeptos ao estilo excêntrico do cineasta poderão se deliciar com o filme, no entanto. Visualmente esplêndido, “Frankenweenie” é a obra mais autoral de Tim Burton em muito tempo e se apresenta ousada em um universo aparentemente ingênuo. Perde pontos apenas pela conclusão, que anula parcialmente a força da mensagem de que o processo de superar uma perda é doloroso, mas necessário.

Título Original: Frankenweenie
Ano de Produção: 2012
Direção: Tim Burton
Roteiro: John August, baseado no curta-metragem homônimo escrito por Leonard Ripps e Tim Burton
Vozes de: Robert Capron, Winona Ryder, Catherine O’Hara, Martin Short, Conchata Ferrell, Tom Kenny, Martin Landau, Atticus Shaffer, Charlie Tahan, James Hiroyuki Liao e Christopher Lee

Anúncios

4 Respostas para “Frankenweenie

  1. Poxa, perdi a chance de assistir a esse filme no cinema. 2012 não foi um bom ano para a animação e “Frankenweenie” parece ter sido um dos destaques do ano passado. Só li boas críticas sobre este longa.

  2. Pingback: Melhores de 2012 – Indicados | Cine Resenhas·

  3. Pingback: Melhores de 2012: Animação | Cine Resenhas·

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s