Entre o Amor e a Paixão

36ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

Em nossas vidas, passamos por muitos obstáculos para atingir um objetivo. Isto se dá especialmente nos relacionamentos, em que dois indivíduos aparentemente feitos um para o outro planejam selar a união com um casamento, seja ele formal ou não. O que poucos parecem capazes de processar é que esta etapa não representa um ponto final. A ilusão inicial pode se transformar em comodismo e neste processo nem sempre o amor sobrevive. Esta consequência, tão inevitável na maioria dos casais modernos, é trabalhada pela atriz Sarah Polley em “Entre o Amor e a Paixão”, seu segundo longa-metragem como diretora e roteirista.

Em seus primeiros momentos, Sarah Polley parece conceber uma comédia romântica convencional. Margot (Michelle Williams) está voltando para Toronto e se depara com um jovem estranho chamado Daniel (Luke Kirby) em três ocasiões consecutivas: em um pequeno evento para turistas, dentro de um avião e em um táxi. A estranha coincidência só encontra fim quando Margot se surpreende ao saber que, depois de toda a viagem, Daniel mora bem próximo de sua residência. Margot gostou do pouco tempo que passou com Daniel, mas sugere que tudo pare por aí, pois ela é casada com Lou (Seth Rogen).

Os dias seguintes se mostram confusos para Margot, uma vez que a proximidade da casa de Daniel com a sua assegura a chance deles se esbarrarem de algum modo. Além do mais, Margot parece ser o modelo de mulher perfeita idealizada por Daniel, por sua vez um homem solteiro e dono de uma personalidade artística que a atrai. Já o casamento de Margot com Lou está entrando em um estágio em que o marasmo invade a convivência, mas ela o ama. O impasse se estabelece: Margot seria mais feliz ao continuar vivendo com Lou ou se correspondesse à paixão de Daniel?

Continuar com Luke lhe garantiria segurança, mas a consequência seria um relacionamento em que não há mais espaço para novidades. Se entregar de corpo e alma para Daniel lhe traria como recompensa a realização de suas fantasias mais íntimas, mas valeria correr este risco?

Existe em “Entre o Amor e a Paixão” algumas incoerências que prejudicam o envolvimento do espectador com a história. Na maior delas, é difícil aceitar que um sujeito como Daniel seja capaz de se sustentar e possuir uma casa bem mobiliada quando sua única renda vem dos seus serviços como condutor de riquixá. Por outro lado, Sarah Polley nos atinge pela minúcia com que filma “Entre o Amor e a Paixão”.

Outrora sob a batuta de grandes cineastas como Atom Egoyan (“O Doce Amanhã”), Isabel Coixet (“Minha Vida Sem Mim”) e Hal Hartley (“Beatrice e o Monstro”), Sarah Polley está mais interessada em fazer uma crônica de certo modo pessimista sobre como tudo que nos atrai um dia envelhece. Ardente a princípio, um relacionamento mostra sinais de fraqueza quando nem mesmo um papo trivial é possível de acontecer e o contato humano, como um abraço, é executado de modo automático. Trata-se, enfim, do involuntário desapego por aquilo que um dia já foi novo.

Título Original: Take This Waltz
Ano de Produção: 2011
Direção: Sarah Polley
Roteiro: Sarah Polley
Elenco: Michelle Williams, Seth Rogen, Luke Kirby, Sarah Silverman, Jennifer Podemski, Diane D’Aquila, Vanessa Coelho, Graham Abbey, Damien Atkins, Aaron Abrams, Dyan Bell, Albert Howell, Danielle Miller, Matt Baram e Avi Phillips

Anúncios

4 Respostas para “Entre o Amor e a Paixão

  1. Adoro a Sarah Polley como diretora. Especialmente o fato de que ela sempre enfoca relacionamentos pessoais, entre casais, com uma sensibilidade que chega a ser ímpar. Ela é muito boa nesse tipo de filme. Quero muito poder ter a mesma chance que você e poder conferir “Entre o Amor e a Paixão”, apesar das suas ressalvas em relação ao filme.

  2. Pingback: 10 Grandes Momentos de 2012 | Cine Resenhas·

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s