Melhores de 2011: Som

Quando se destaca categorias técnicas, o que se espera é a presença de blockbusters ocupando todas as vagas disponíveis. Afinal, haja habilidade para manipular a presença de tantos sons que surgem em meio a cenas de tirar o fôlego. Por esta razão, não há como não dar destaque para “Sucker Punch – Mundo Surreal“ neste quesito. Nesta fita pop de ação orquestrada por Zack Snyder, Scott Hecker e Nerses Gezalyan (respectivamente responsáveis pela edição de som e mixagem de som) fazem um trabalho caprichado ao oferecer impacto nos universos repletos de ação imaginados pela personagem Babydoll (Emily Browning), bem como encaixar com harmonia a saborosa trilha-sonora escolhida a dedo para traduzir ambientes tão distintos.

Vencedor:Sucker Punch – Mundo Surreal“ (Scott Hecker e Nerses Gezalyan)

Outros indicados:Cisne Negro“ | “Incontrolável” | “Rango“ | “X-Men – Primeira Classe

Em 2010:Guerra ao Terror
Em 2009: Avatar
Em 2008: “[REC]
Em 2007: Possuídos

Anúncios

2 Respostas para “Melhores de 2011: Som

  1. De longe, a melhor parte de “Sucker Punch – Mundo Surreal” é a sua parte técnica, sem dúvida alguma. Por isso mesmo, não contesto a vitória desse filme nesta categoria de sua premiação de Melhores do Ano.

    • Kamila, fiquei desapontado pelas premiações cinematográficas não terem valorizado “Sucker Punch” em qualquer categoria técnica. Mas isto é algo que parece perseguir Zack Snyder, pois nem “Watchmen” foi lembrado também.

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s