Uma Manhã Gloriosa

Mesmo com o apelo que qualquer chick flick tem com o público feminino, “Uma Manhã Gloriosa” não fez bonito em seu lançamento, obtendo recepção neutra da crítica especializada e enfrentando filmes nas bilheterias americanas voltado ao público masculino, como “Incontrolável” e “Um Parto de Viagem”. Planejamento para exibição equivocada à parte, “Uma Manhã Gloriosa” se sai muito bem como entretenimento descompromissado, com o extra de garantir um pouco de otimismo para qualquer moça que sonha com uma ascensão profissional.

Parte do acerto está na escalação de Roger Michell como diretor do projeto. Tendo mostrado bom serviço na condução do aclamado “Um Lugar Chamado Notting Hill” (figurinha fácil nas listas das melhores comédias românticas dos últimos anos), o cineasta desenha com o roteiro da americana Aline Brosh McKenna (“O Diabo Veste Prada”) uma heroína autêntica. Becky Fuller (Rachel McAdams) é uma jovem produtora de tevê que rala para salvar o programa matinal “Daybreak”, precisando lidar com três pessoas de temperamentos fortes: seu chefe Jerry (Jeff Goldblum), a apresentadora Colleen Peck (Diane Keaton) e especialmente o egocêntrico repórter Mike Pomeroy (Harrison Ford).

Quase uma raridade no gênero recente, o interesse romântico de Becky, o simpático Adam (Patrick Wilson), felizmente é jogado de segundo plano, pois o que importa em “Uma Manhã Gloriosa” é testemunhar uma personagem que é graciosa e firme nos momentos certos. A bela trilha de David Arnold dá ênfase nos momentos onde nos deparamos com uma garota sonhadora, mas há também a Becky que não se deixa abater quando um desafio quase impossível deve ser enfrentado para a sobrevivência de seu novo programa. Há quem possa se queixar que a única saída para o “Daybreak” seja modificar seu roteiro de notícias sérias por reportagens quase bobocas que buscam fisgar um público mais amplo. Porém, é inegável que o elenco, com destaque para um ranzinza Harrison Ford, se sai muito bem nesta escolha de uma história mais cômica.

Título Original: Morning Glory
Ano de Produção: 2010
Direção: Roger Michell
Roteiro: Aline Brosh McKenna
Elenco: Rachel McAdams, Harrison Ford, Diane Keaton, Patrick Wilson, Jeff Goldblum, Ty Burrell, Vanessa Aspillaga, Jeff Hiller, Linda Powell, Mike Hydeck, Jerome Weinstein, David Wolos-Fonteno, Patti D’Arbanville, John Pankow, J. Elaine Marcos, Matt Malloy, Elizabeth Keifer e 50 Cent
Cotação: 3 Stars

Anúncios

4 Respostas para “Uma Manhã Gloriosa

  1. Achei as atuações muito exageradas — além do que pedem as comédias — e a direção bastante problemática, trazendo ainda momentos muito constrangedores, em que inclusive desvirtua a montagem e a trilha sonora, como, lá no final, quando Becky aparece correndo para desfazer uma escolha errada. [4/10]

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s