O Pequeno Nicolau

Ao contrário de 2009, o ano passado foi extremamente bom para o cinema francês, com lançamentos sendo exibido no circuito nacional imperdíveis como “A Riviera Não é Aqui”, e “O Refúgio“, além do premiado “O Profeta”. Porém, o melhor título da última remessa é, surpreendentemente, uma produção voltada ao público infantil. Este filme é o gracioso “O Pequeno Nicolau”. Os personagens foram criados pela dupla Jean-Jacques Sempé e René Goscinny, este segundo mais conhecido pelas aventuras de “Asterix, O Gaulês”, e o longa-metragem de Laurent Tirard (“As Aventuras de Molière”) dá conta do ritmo de quadrinhos que a história precisava.

O Nicolau do título é feito por Maxime Godart. Dono de uma ingenuidade digna de qualquer garoto de sua idade interpreta de forma equivocada uma conversa de seus pais (Kad Merad e Valérie Lemercier, excelentes), pois imagina que eles planejam um novo filho e, posteriormente, abandonar Nicolau em uma floresta. Mais excêntrico que o próprio protagonista, os amigos de Nicolau o ajudarão a resolver o caso com planos mirabolantes. A turma é adorável. Temos o gorducho Alceu (Vincent Claude), o atrapalhado Rufino (Germain Petit Damico), o nerd Agnaldo (Damien Ferdel), o último da classe Clotário (Victor Carles), o valentão Eudes (Benjamin Averty), o filhindo de papai Godofredo (Charles Vaillant) e Joaquim (Virgile Tirard), que passa pela mesma situação que Nicolau.

Desde os tempos que Chris Noonan fez “Babe – O Porquinho Atrapalhado”, Alfonso Cuarón com “A Princesinha” e Penelope Spheeris com a adaptação de “Os Batutinhas” que não se via uma obra infantil tão divertida como “O Pequeno Nicolau”. Os acertos são encontrados a cada momento da película, seja com uma direção de arte toda colorida, no elenco infantil extraordinário e em todas as piadas capazes de fazerem crianças e adultos se entreterem na mesma proporção. “O Pequeno Nicolau” só tem como falha a sua curta duração, pois o trabalho de Laurent Tirard é tão encantador que quando os créditos finais aparecem fica aquele gosto de quero mais.

Título Original: Le petit Nicolas
Ano de Produção: 2009
Direção: Laurent Tirard
Roteiro: Laurent Tirard e Grégoire Vigneron, baseado nos personagens de René Goscinny e Jean-Jacques Sempé
Elenco: Maxime Godart, Valérie Lemercier, Kad Merad, Sandrine Kiberlain, François-Xavier Demaison, Michel Duchaussoy, Daniel Prévost, Michel Galabru, François Damiens, Louise Bourgoin, Vincent Claude, Charles Vaillant, Victor Carles, Benjamin Averty, Germain Petit Damico, Damien Ferdel, Virgile Tirard, Elisa Heusch e Gérard Jugnot.
Cotação: 4 Stars

Anúncios

11 Respostas para “O Pequeno Nicolau

  1. Pingback: Tweets that mention O Pequeno Nicolau « Cine Resenhas -- Topsy.com·

  2. Eu amei este filme! Além do fabuloso elenco infantil, todos excelentes, temos uma história altamente carismática e bonitinha. Amei a forma como o diretor privilegiou o olhar infantil sobre tudo que acontecia.

  3. Filme divertidíssimo, daqueles que conseguem arrancar bons risos sem nenhum apelo vulgar ou sexual (coisa rara no cinema americano). Vai ver por isso é francês. Um lamento ter ficado de fora do último Oscar. O elenco todo está perfeito.

  4. Pingback: Ponto Crítico – Jul/10 « Cine Resenhas·

  5. Pingback: Melhores de 2010 – Indicados « Cine Resenhas·

  6. Pingback: Melhores de 2010: Direção de Arte « Cine Resenhas·

  7. Pingback: Melhores de 2010: Filme « Cine Resenhas·

  8. Pingback: 10 Melhores Filmes de 2010 « Cine Resenhas·

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s