O Amor Pede Passagem

Entre o trio de atrizes centrais de “Friends”, Jennifer Aniston se mostrou a menos versátil com o fim do seriado. A atriz estrelou apenas comédias e sua única inclusão em algum gênero diferente foi no thriller com “Fora de Rumo”, apresentando de longe o seu pior desempenho. Isto não significa que Jennifer não seja boa atriz. Estava perfeita em “Por Um Sentido na Vida” e respondeu por ótimos momentos no independente “Amigas com Dinheiro”. “O Amor Pede Passagem”, seu primeiro filme como produtora executiva, felizmente integra a sua lista de boas investidas no cinema. A atriz acerta ao aparecer mais linda do que nunca em um papel sem indícios de glamour e até há espaço para transformar a sua Sue em uma mulher sensível.
Mas não se enganem. O verdadeiro protagonista da história é mesmo Steve Zahn. Sempre divertido em comédias, Zahn incorpora Mike, um sujeito boa-praça. Por trabalhar sempre no hotel gerenciado pelos seus pais (papéis de Fred Ward e Margo Martindale), sente-se meio frustrado, sem grandes perspectivas de vida. A aparição de Sue (Jennifer Aniston) não só prova que ele é um desastre na hora de galantear as mulheres como também o faz se apaixonar. Acontece uma relação sexual, umas afinidades e logo Sue, que passou pelo hotel a trabalho, volta para a cidade onde mora. É claro que Mike não deixa a oportunidade de revê-la escapar.
Sendo declaradamente uma comédia, “O Amor Pede Passagem” até surpreende ao investir sutilmente no drama sem perder a graça. Mike é um ser tão trágico que causa até empatia e os risos que suas situações emitem são verdadeiros. Essa qualidade é abalada apenas pela presença de Woody Harrelson. Seu papel é tão ruim que cria até desarmonia no desenvolvimento da história. Ainda assim, o casal incomum que formam Steve Zahn e Jennifer Aniston é tão simpático que é impossível não torcer para que eles passem pelo indispensável processo de amadurecimento e fiquem juntos na conclusão do filme.
Título Original: Management
Ano de Produção: 2008
Direção: Stephen Belber
Elenco: Steve Zahn, Jennifer Aniston, Woody Harrelson, Fred Ward, Margo Martindale e James Hiroyuki Liao

O Amor Pede Passagem | ManagementEntre o trio de atrizes centrais de “Friends”, Jennifer Aniston se mostrou a menos versátil com o fim do seriado. A atriz estrelou apenas comédias e sua única inclusão em algum gênero diferente foi no thriller com “Fora de Rumo”, apresentando de longe o seu pior desempenho. Isto não significa que Jennifer não seja boa atriz. Estava perfeita em “Por Um Sentido na Vida” e respondeu por ótimos momentos no independente “Amigas com Dinheiro”. “O Amor Pede Passagem”, seu primeiro filme como produtora executiva, felizmente integra a sua lista de boas investidas no cinema. A atriz acerta ao aparecer mais linda do que nunca em um papel sem indícios de glamour e até há espaço para transformar a sua Sue em uma mulher sensível.

Mas não se enganem. O verdadeiro protagonista da história é mesmo Steve Zahn. Sempre divertido em comédias, Zahn incorpora Mike, um sujeito boa-praça. Por trabalhar sempre no hotel gerenciado pelos seus pais (papéis de Fred Ward e Margo Martindale), sente-se meio frustrado, sem grandes perspectivas de vida. A aparição de Sue (Jennifer Aniston) não só prova que ele é um desastre na hora de galantear as mulheres como também o faz se apaixonar. Acontece uma relação sexual, umas afinidades e logo Sue, que passou pelo hotel a trabalho, volta para a cidade onde mora. É claro que Mike não deixa a oportunidade de revê-la escapar.

Sendo declaradamente uma comédia, “O Amor Pede Passagem” surpreende ao investir sutilmente no drama sem perder a graça. Mike é um ser tão trágico que causa até empatia e os risos que suas situações emitem são verdadeiros. Essa qualidade é abalada apenas pela presença de Woody Harrelson. Seu papel é tão ruim que cria até desarmonia no desenvolvimento da história. Ainda assim, o casal incomum que formam Steve Zahn e Jennifer Aniston é tão simpático que é impossível não torcer para que eles passem pelo indispensável processo de amadurecimento e fiquem juntos na conclusão do filme.

Título Original: Management
Ano de Produção: 2008
Direção: Stephen Belber
Elenco: Steve Zahn, Jennifer Aniston, Woody Harrelson, Fred Ward, Margo Martindale e James Hiroyuki Liao
Cotação: 3 Stars

Anúncios

6 Respostas para “O Amor Pede Passagem

  1. Eu confesso que não esperava muita coisa deste filme, mas ele acabou me surpreendendo, de forma positiva. Adorei a performance do Steve Zahn. Nunca tinha o visto tão bem quanto aqui. E até a Jennifer Aniston está bem!!!

  2. Pelo carismático Steve Zahn e Woody Harelsson eu até encaro essa produção, mas essa coisa de Jennifer Aniston querendo ser recordista do Friend´s com mais filmes no currículo já cansou. Seus filmes são praticamente idênticos entre si.

  3. – Kamila, eu também não esperava muito, ainda mais pelo fato de ter assistido no mesmo dia que “O Amor Acontece” e “Caçador de Recompensas”, ambos com Jennifer Aniston. É uma comédia muito simpática.

    – Mayara, quem eu achei que roubou a cena foi o James Hiroyuki Liao, que interpreta o amigo que Steve Zahn faz na metade da história.

    – Wally, concordo!

    – Marcelo, posso confirmar que este filme nada tem a ver com o que Jennifer Aniston andou se envolvendo após “Friends”. Se duvidar, foi a comédia romântica mais original que vi no ano passado. Bem divertido!

    – Mandy, sim, sim. ^^

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s