Os Fantasmas de Scrooge

Os Fantasmas de Scrooge | A Christmas CarolCom carreira consolidada através do Oscar de melhor diretor por “Forrest Gump – O Contador de Histórias”, Robert Zemeckis parece se preocupar mais nos últimos anos em criar experimentos do que histórias com personagens de carne e osso. O primeiro foi “O Expresso Polar”, notável pelo seu trabalho de captura de performance. Posteriormente, rodou “A Lenda de Beowulf”, uma aventura épica apenas regular. Agora, em “Os Fantasmas de Scrooge”, Robert Zemeckis foi mais ambicioso, levantando altos duzentos milhões de dólares para um filme que, no fim das contas, não fez o público esperado.

“Os Fantasmas de Scrooge” impressiona. Também não decepcionará aqueles que o selecionarem para integrar uma sessão de filmes natalinos na data comemorativa, mas é exatamente isto a sua maior desvantagem: ele já nasceu com um gosto de coisa datada. Escrito por Charles Dickens (o mesmo de “Oliver Twist”) e adaptado para cinema pelo próprio Robert Zemeckis, “Os Fantasmas de Scrooge” nos apresenta ao rabugento Scrooge (Jim Carrey, que também se desdobra em outros personagens a exemplo do elenco de apoio). O velho Scrooge, rico e administrador do seu próprio negócio, definitivamente odeia o natal e alguns fantasmas se materializam para mostrar as pessoas que ele magoou no passado por causa de sua ganância. A atmosfera em certos instantes é bem soturna para uma produção Disney e será possível identificar sentimentos humanos no meio de tanta tecnologia. O resultado, mesmo, é apenas correto.

Título Original: A Christmas Carol
Ano de Produção: 2009
Direção: Robert Zemeckis
Elenco: Jim Carrey, Robin Wright, Colin Firth, Gary Oldman, Bob Hoskins, Fionnula Flanagan, Steve Valentine, Daryl Sabara, Julian Holloway, Cary Elwes, Jacquie Barnbrook, Lesley Manville, Molly C. Quinn, Fay Masterson e Leslie Zemeckis
Cotação: 3 Stars

Anúncios

4 Respostas para “Os Fantasmas de Scrooge

  1. Neste filme, foi a primeira vez que eu vi a técnica da captura de performance e não senti algo artificial. Me pareceu real mesmo! E eu gostei disso! Fora que eu adorei a história. Achei a mensagem muito bonita.

  2. – Mayara, dezembro está chegando. ;-)

    – Kamila, o trabalho realizado pela equipe técnica de “Os Fantasmas de Scrooge” é bárbaro, me convenceu muito mais do que “A Lenda de Beowulf”. Eu também gosto da história, mas acho que ela não repercute tanto pelo fato de ser bem datada.

  3. Vi esse longa no cinema, em 3D e sai prejudicado pelo uso dos óculos especial por cima do meu de grau, esse foi – creio – a única coisa que não me agradou nesse filme, gostei da história e o filme em alguns pontos me trouxe uma certa nostalgia, o por que disso, realmente não saberia dizer agora, mas gostei e realmente, como no comentário aqui em cima, eu senti naturalidade na produção, mesmo os personagens não sendo de carne e osso. E sempre preferi o Carrey atuando em outros gêneros, fora da comedia, onde sem duvida ele manda muito bem.
    Abraços Alex.

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s