Se Eu Fosse Você 2

“Se Eu Fosse Você” é uma comédia realizada em 2006 que fez muito sucesso através de uma história para lá de batida, mesmo que ainda eficiente: a troca de corpos entre os protagonistas. Eles são Cláudio (Tony Ramos) e Helena (Glória Pires), vítimas de um estranho fenômeno que os fazem viverem um no corpo do outro após uma discussão. O segundo filme tem a mesma premissa, onde o casal passa pela mesma circunstância quando armam a papelada para consolidar o divórcio. E se um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar, sendo essa a afirmação que estampa o poster dessa sequência, o sucesso (é o filme nacional mais assistido desde a Retomada) confirma essa teoria.

“Se Eu Fosse Você 2”, cujo final já anuncia uma nova sequência, “Se A Vovó Fosse O Vovô”, também lida com mais um acontecimento importante. É a gravidez de Bia (Isabelle Drummond, a Emília do “Sítio do Pica-Pau Amarelo”, substituindo Lara Rodrigues), a filha de Cláudio e Helena. E é exatamente essa novidade que logo, logo fará o filme cair num abismo sem nunca mais retornar ao topo.

A verdade é que “Se Eu Fosse Você 2” confere um trabalho mais caprichado de direção em comparação com o seu antecessor (Daniel Filho conseguiu planejar algumas boas cenas, como o pesadelo de Helena no primeiro ato do filme), mas no quesito humor esse perde feio. Tony Ramos continua brilhante e uma de suas cenas, num campo de futebol, rende boas gargalhadas. Mas quando abraça os intermináveis preparatórios para o casamento de Bia, que o faz por ser impulsionada tanto pelos seus quanto os pais de seu namorado, o longa carrega uma seriedade constrangedora pela forma ingênua com que os personagens lidam com a situação, prejudicando até mesmo o desempenho de Glória Pires, que estava a altura de Tony Ramos no filme anterior. Nem encarando o programa de peito aberto dá para se entusiasmar muito com os tropeços que aparecem a partir do meio da metragem.

Título Original: Se Eu Fosse Você 2
Ano de Produção: 2009
Direção: Daniel Filho
Roteiro: Adriana Falcão, Euclydes Marinho e Rene Belmonte
Elenco: Tony Ramos, Glória Pires, Isabelle Drummond, Maria Luisa Mendonça, Vivianne Pasmanter, Marcos Paulo, Cássio Gabus Mendes, Ary Fontoura, Renata Batista, Maria Gladys, Chico Anysio e Adriane Galisteu
Cotação: **

 

Anúncios

20 Respostas para “Se Eu Fosse Você 2

  1. Alex, não consigo encar esse filme com o mesmo possimismo que você. Creio que ele se mostrou bem mais maduro e interessante que o primeiro. Ele tem mais cenas de humor e atinge mais seu objetivo, a produção e a técnica não são das melhores, mas existem certos filmes que é importante deixarmos isso de lado e olhar o que ele pode nos oferecer de bom. Quanto a Glória Pires, eu achei ela muitíssimo melhor nesse filme que no anterior, agor asim ela está a altura de seu companheiro de cena.

  2. Olá, Alex! Tudo bem?

    Tenho uns problemas um pouco mais sérios com o primeiro filme: ele não me fez rir muito. Mas parece que esse segundo pode ser que tenha o humor que a outra pelicula faltou.

    Beijos e tenha uma ótima semana! ;)

  3. Brenno, já que acho que eles pegaram os erros do original e moldaram algo pior ao invés de eliminá-los. Abraços!

    Robson, eu não consigo considerar como maduro um filme que, por mais que seja uma comédia, lida com temas como gravidez e casamento, por exemplo, de forma tão ingênua ou sem um mínimo de graça. E eu não gostei da Glória Pires aqui. Ela aparece nesta sequência menos a vontade e sem um bom material para conseguir arrancar risadas da platéia, ao contrário do Tony Ramos. E devemos sim encarar a maioria dos filmes sem grande compromisso, mas aqui os erros são tão insuportáveis que nem dá para fazer isto.

    Ciro, a curiosidade matou o gato! :D

    Mayara, eu não tinha gostado do primeiro filme, mas revi este ano (ou foi ano passado?) e acabei gostando mais. Gosto muito de algumas piadas contidas nele, há um balanço correto de constragimentos da mulher no corpo do homem e vice-versa. E de engraçado somente os quarenta primeiros minutos de filme, pois o restante desaba em um tédio daqueles! Beijos, boa semana.

  4. Na verdade eu até gostei, importante pro cinema brasileiro esse tipo de filme-pipoca. Sobre as atuações, sempre fui da tese de que o Tony e a Glória são caricaturas forçadas um do outro, assim, são HILÁRIOS, muito engraçado MESMO, mas não se parecem um com o outro, mas e daí? rs… Ahn, e eu gosto muito do Chico Anysio nese filme…

  5. Assisti o primeiro e já não gostei muito, aí realmente não consigo ter curiosidade nem ânimo suficiente pra assistir o segundo. Não gosto muito desses filmes com cara de rede globo… pelo menos foi o que achei do primeiro. Abraço!

  6. Não vi nenhum dos dois. Só vejo filme nacional quando tenho muita recomendação(agora vai ser assim). Alex você já viu Divã ? – se não viu, veja.

  7. Eu realmente não consigo entender como esse filme conseguiu ser uma das maiores bilheterias de nosso cinema pós-retomada. E o pior é que às vezes é engraçado, mas depois percebemos como esse humor é medíocre e batido, totalmente remodelado da linguagem novelesca, e ainda repetitivo em relação ao primeiro filme.

  8. O Cara da Locadora, me falaram tanto do quanto era engraçado a presença do Chico Anysio que acabei me desapontando. E também acho importante que um filme-pipoca nacional seja esse tremendo sucesso que foi “Se Eu Fosse Você 2”. Mas acho que o filme está longe de merecer toda essa popularidade.

    Pedro, eu tive o prazer de ter me divertido bastante com outras cenas protagonizadas pelo ator, mas não foram muitas.

    Bruno, é um filme bem Rede Globo mesmo, embora eu esteja longe de detestar a Globo Filmes, pois acredito que eles investem num dos melhores filmes nacionais produzidos em anos recentes. O “Se Eu Fosse Você” ao menos me agradou um pouco. Abraço!

    Marcelo, então vou começar a te recomendar alguns filmes nacionais até dizer chega! E eu não vi “Divã”, mas gosto muito da Lília Cabral, assistirei o filme por causa de sua presença como protagonista.

    Rafael, eu gosto de uma ou outra piada do filme, mas, no final, é um longa bem medíocre mesmo.

  9. Não gosto de cinema Nacional,porém uma vez perdida consigo achar graça em alguns filmes,como referencia posso citar “A partilha”.Acredito que o Brasil produz novelas muito bem e acredito que por isso esses filmes tenha um ar tão novelesco.Sem sombra de dúvidas o filme “Se Eu fosse Voce 1 foi bem melhor que o 2

  10. Everaldo, já eu penso o contrário. Gosto do nosso cinema e não gosto de nossas novelas. E embora existam filmes com formatos novelescos posso dizer que há muitos mais produzidos com qualidade e longe desse padrão limitado. Mas eu também gostei muito mais de “Se Eu Fosse Você” do que de sua sequência.

  11. Quando digo que o Brasil produz boas novelas não estou dizendo que gosto de novelas,estou apenas comparando o estilo de fazer novelas brasileiro com o estilo de outros países.Não gosto muito de televisão,pois acho muito previsivel.Gosto de filmes porque sempre é surpreendente.

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s