Retrospectiva 2008

O que aconteceu em 2008?

nicoledidgeridoo • Nicole Kidman, atriz predileta do blog, continua numa maré de azar. “Austrália” foi um fracasso vergonhoso nos Estados Unidos (o público não teve paciência para permanecer com seus traseiros sentados por três horas nas poltronas na temporada de férias para contemplar o novo filme de Bazmack Luhrmann) e teve o seu “Margot e o Casamento” lançado diretamente em vídeo por aqui, algo inédito desde quando a atriz entrou em evidência. Se não bastasse, ela ainda foi amaldiçoada por quebrar uma tradição aborígene em plena divulgação de “Austrália”. Coitada!

dercy • 2008 não foi um ano fácil para os cinéfilos tamanho os lutos. Perdemos nomes como Brad Renfro, Luís Carlos Tourinho, Heath Ledger, Roy Scheider, Anthony Minghella, Arthur C. Clarke, Paul Scofield, Jules Dassin, Charlton Heston, Mário Schoemberger, Sydney Pollack, Cyd Charisse, Stan Winston, Jean Delannoy, Dercy Gonçalves, Bernie Mac, Fernando Torres, Paul Newman, Eartha Kitt, entre outras pessoas que muito colaboraram com talento nos cinemas ou mesmo na televisão.

jokerdeath • “Batman – O Cavaleiro das Trevas” torna-se o grande fenômeno do ano. É destaque nas grandes premiações do cinema, especialmente no que diz respeito ao Coringa de Heath Ledger, arrasa nas bilheterias, se livra de Katie Holmes (por que todas as mulheres com quem Tom Cruise se envolve ficam na lama?) e é apelidado de “O Poderoso Chefão” dos quadrinhos. Que exagero, ainda mais para um filme que trás uma das mortes mais patéticas do ano!

marion • Devido a greve dos roteiristas e o apoio de atores com estes, o Globo de Ouro não foi apresentado com todo aquele glamour habitual. Com todo os desacordos resolvidos antes do Oscar, conseguimos nos emocionar com a quase surpreendente vitória de Marion Cotillard por “Piaf – Um Hino ao Amor”, a dona do melhor momento da noite. No entanto, o ibope que a 80º cerimônia conquistou ao vivo não foi muito animador, além de se esquecerem de acrescentar Brad Renfro no telão dos talentos que perdemos, com a justificativa pífia de que não haveria tempo para acrescentar todo mundo que morreu, ou mesmo o esquecimento do extraordinário desempenho de Ashley Judd em “Possuídos“.

indiana• Hollywood continua com suas crises de criatividade e lucros nas bilheterias. Para isto, recebemos uma enxurrada de refilmagens, sequências e longas que se baseiam em fontes de sucesso. Consequência: um feirão dos piores filmes do ano. “Uma Chamada Perdida“, “A Morte Convida Para Dançar”, “Imagens do Além”, “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal“, “A Múmia – Tumba do Imperador Dragão”, “Mamma Mia!” e  “Aliens Vs. Predador 2” é só alguns exemplos.

asilo• Alguns diretores bem velhinhos deveriam fazer o que Julie Christie faz em “Longe Dela”: ir para um asilo. Só assim Roland Joffé (“Cativeiro“), Richard Attenborough (“Um Amor Para Toda a Vida“) e Mike Nichols (“Jogos do Poder”) não teriam decepcionado com seus filmes. Em contrapartida, Sidney Lumet dirige como um jovem cheio de energia o seu “Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto”, filme exibido somente no mês de junho em 2008.

streep• 2008 também foi um ano cercado de micos, alguns risíveis e outros constrangedores. Como definir Forest Whitaker em “Os Reis da Rua”? Interpretação tão ruim que já sabemos exatamente qual é a do seu personagem na sua primeira cena. Ou Meryl Streep em “Mamma Mia!”, que parece ter atuado alcoolizada. “10.000 A.C.” tem um dos efeitos especiais mais impressionantes do ano (babei ao ver aquele tigre com dentes de sabre). Mas tecnologia alguma é capaz de apagar um trabalho porco por parte do roteiro. A sequência onde o protagonista interpretado por Steven Strait gritando pelo seu amigo Moha quando este é sacrificado figura como a cena mais hilária do ano. E, por fim, faltou película para Woody Allen encerrar o seu “O Sonho de Cassandra”, pois só assim para justificar a insossa conclusão de sua obra depois de uma hora e meia seguindo um caminho tão promissor.

O que 2008 trouxe de novidade para o ser estranho do Cine Resenhas?

alex

• Não foi aprovado para integrar o grupo de 50 alunos na Escola Livre de Cinema e Vídeo em Santo André depois de tantas semanas desligado do mundo se preparando para o processo seletivo. Ficou sabendo que dentro de poucos meses já houveram alunos que desistiram e tem vontade de explodir todo o município. Agora verá se consegue cursar uma universidade de Administração e só depois voltará a pensar no cinema além de seu blog.

• Teve seus dois cães de estimação, Hannibal e Bart, mortos da mesma forma: atropelados. No entanto, não desistiu de ter aquele que é o melhor amigo do homem: hoje em dia arma confusões com o seu Woody que, graças ao bom Deus, tem medo de sair para a rua, o que diminui os índices de mortalidade canina.

• Perdeu quase três dezenas de filhotes de Hamsters ao não identificar no ato qual era o macho e qual era a fêmea do casal simpático que aprisiona dentro de uma minúscula gaiola. Só mesmo na quarta reprodução conseguiu acertar na separação entre mãe, filhotes e pai.

• Conseguiu comprar um novo computador para passar o seu pouco tempo livre, mas continua sofrendo com a conexão discada enquanto a Net não aparece pelas redondezas.

• Nunca foi capaz de soltar tantas palavras feias num só dia ao comemorar o seu aniversário de 18 anos assistindo “O Nevoeiro”, longa que consta um dos finais mais phodasticos do gênero.

• Falando em aniversário, imaginava que seus dezoito anos trariam novas novidades para a sua existência: continua sendo mimado por ser o caçula da família. Se não retorna para o seu lar até às 23h30 já é motivo para a matriarca contactar os amigos e, em casos mais desesperadores, ligar para a polícia. Precisa morar sozinho ou se casar logo!

• Uma das metas preparadas para o início de 2008 não foi alcançada: perder peso.

• Está de relações cortadas com uma de suas duas irmãs desde o fim de março por motivos cabeludos. E até que se sente feliz por isto.

• Depois de trabalhar como escravo patrulheiro mirim, foi efetivado no início de dezembro como auxiliar administrativo. Mas nada mudou no seu trabalho, só a carga horária que aumentou.

• Concluiu um segundo curso horrendo de informática depois de sua mãe cair no truque de marketing de que a escola proporcionaria estágios para os seus alunos.

Saldo final?

smiley • Mais negativo que sua conta na locadora. Espera que 2009 seja um ano melhor e que não se torne um ser ainda mais revoltado e impiedoso. Desejo à todos um maravilhoso 2008!

Anúncios

17 Respostas para “Retrospectiva 2008

  1. Hahahaha! Confesso que já li essa retrospectiva duas vezes e ficou ainda mais hilária agora! A começar por essa foto da divulgação de “Austrália”, que é uma maravilha (aliás, toda a seleção de imagens é impagável). Sua retrospectiva pessoal também ficou excelente, além de muito sincera, claro ;) 2008 também não foi um grande ano para mim (e nem para o cinema, acredito), portanto também desejo um excelente 2009 para você e para os filmes. Grande abraço!

  2. Olá, Alex! Tdo bem?

    Ficou boa a Retrospectiva, fiquei com pena da Nicole Kidman agora, rsrsrs. E uma pena sobre a escola de cinema e seus cães. Pelo menos tivemos coisas boas em 2008. O meu foi ter conseguido passar para o terceiro colegial, conseguido entrar no curso de idiomas e conseguido uma namorada para o meu cão, rsrs. O que importa é que tivemos muita saúde em 2008, isso que importa. E espero que vc volte a se dar bem com sua irmã.

    Mas para vc, desejo um 2009 repleto de paz, felicidade, muita saúde e bons filmes. È um prazer em ter um amigo virtual como vc!

    Beijos e tudo de bom! ;)

  3. Pingback: Retrospectiva 2008 : deus·

  4. Matheus, até que o meu ano cinematográfico foi okay, Vi muitos filmes maravilhosos esse ano que até integraram a minha lista de filmes prediletos. Mas o restante não foi muito animador, rs.

    Vinícius, obrigado pela leitura, mas até a minha minha linda foto com potencial para ser capa de revista estava tão impagável assim? Coitado de mim! E obrigado pelos desejos, espero que ano que vem eu veja grandes filmaços! Abraço!

    Tudo ótimo, Mayara! E ainda que eu tenha suspeitado sobre a minha saúde em dois momentos este ano dos quais passei muito mal não posso reclamar que tive forças o suficiente para conseguir viver bem por todo o ano, e isso é o que realmente importa, como você disse. E não quero voltar a falar com a minha irmã não, rs. E muito grato pelos desejos, que eles retornem em dobro para você! Beijos e obrigado pelo carinho, amiga!

    Cecília, obrigado. Quis fazer um pouco de humor com as tragédias que passei esse ano, rs. E enquanto a NET ela deve vir em fevereiro de 2009. Espero que venha logo, pois está muito trabalhoso fazer minhas coisas na net, especialmente cuidar do blog, sem uma boa conexão; Beijos!

    Um ótimo 2009 para todos!

  5. Pingback: Retrospectiva 2008 | Splog·

  6. Hehehe, bem interessante a retrospectiva que vc fez, tanto no mundo do cinema quanto na sua vida pessoal. Sobre os filmes, não acho exagero todos os elogios que o novo Batman vem recebendo! Pra mim, é o melhor filme de 2008, e o melhor filme sobre super herói da história. Claro que é a minha opinião, sei que vc não pensa da mesma forma, hehe. E tb concordo com a falta de criatividade de Hollywood. Aliás, o último ano que teve vários filmes formidáveis foi 2006, quando quase fiz um top 20 melhores do ano, pq tinha muita filme bom que ficaria de fora num top 10.

    Sobre sua vida pessoal, sinto muito pelos seus cachorros. Sou louco com o meu, e algumas vezes ele já fugiu de casa tb e quase morreu (uma vez ele quase foi atropelado e na outra ele brigou com um cachorro maior, tomou uma baita mordida e, por isso, teve até que fazer uma cirurgia pra conter a inflamação), não consigo nem imaginar como seria não tê-lo mais no meu cotidiano. No mais, a vida é assim mesmo, as vezes temos desentendimentos mais sérios, as vezes não conseguimos atingir nossas metas… mas como sou muito otimista, acredito que no final tudo se ajeita. Que 2009 seja um ano que lhe conceda todas essas realizações e lhe traga muita paz, Alex.

    Abraço!

  7. hahahahahahaha! Muito bom, Alex!

    Sobre cinema: A única morte de artista que eu chorei até hoje foi a do Heath Ledger. Sempre que vejo um filme com ele é impossível não lamentar o fato de nunca mais o vermos atuando. Fui pego de surpreso pela notícia – um amigo meu me falou pelo telefone em meio a uma conversa super natural. Enfim, uma grande perda. E é sério que você não gosta de Batman?! O_O Esse discurso da Marion foi demais. Estava torcendo por ela e vibrei quando o resultado foi anunciado.

    Sobre a sua vida: hahahahaha! Foi o mais engraçado, apesar de não ter nenhuma notícia boa. Sorry! Eu não passei para a faculdade de cinema e aí tive que fazer cenografia, que até gosto, mas não é o grande amor da minha vida. E por isso tentarei cinema novamente. Também xinguei muito em O Nevoeiro. hehehehe E tadinho dos cachorros. Adoro cães e sem dúvida foi a notícia mais triste.

    Mas feliz ano novo, cara! Que seja BEEEM melhor que 2009 – o que não vai ser difícil. hehe []s!

    PS: irei te linkar no meu blog, ok?

  8. Bruno, acho que eu precisava desabafar compartilhando com vocês o que aconteceu comigo em 2008, rs. E compreendo muito bem todo esse sucesso de “O Cavaleiro das Trevas” entre todos, só que não consegui apreciar o filme ao ponto de achar todo esse sucesso totalmente merecido. Este mês estarei falando sobre o que acho dele. E concordo com você: 2007 foi bem melhor que 2008!

    E tenho um afeto enorme pelos meus animais de estimação, ainda que eu não tenha muito tempo para cuidar deles da forma que sempre quis. E a perda dos meus dois cães este ano foi algo bem triste, pois perdi eles num intervalo de apenas dois meses. Agora é só me prevenir mais com o Woody, rs. E acredito que este ano de 2009 seja melhor. Só preciso administrar melhor as minhas responsabilidades e ter um pouco mais de ânimo para enfrentar as adversidades ou mesmo as boas oportunidades que surgem. Obrigado pelo comentário, Bruno! Abraços, um esplêndido 2009 para você!

  9. Jeff, às vezes precisamos rir das tragédias para tocar a vida, rs. Mas os meus problemas devem ser bem pequenos próximos de muitas outras pessoas que passam, com toda a certeza, por coisas ou perdas piores. E admito também que fiquei bem tocado pela morte de Heath, só que o choque em mim foi maior quando li sobre o falecimento do Anthony Minghella, um diretor que gostava bastante (ainda que eu deteste “O Paciente Inglês”). E espero que consiga adquirir um pouco de paixão pela cenografia. No meu caso acho que fui bem no processo seletivo, com exceção somente da entrevista – o que talvez fosse o que mais contava. Só que na entrevista fui surpreendido por muitas questões que, francamente, pouco pareciam com a proposta da escola. Ah, e obrigado pelos desejos. Tenho certo otimisto de que 2009 seja um ano melhor. E obrigado por me linkar! Tinha relacionado o seu endereço no blogroll, mas o navegador parou de responder quando fui enviar as informações, rs. Abraços!

  10. Alex, mas que retrospectiva mais original??? :-)

    Te desejo um 2009 de muitas bênçãos, realizações, saúde, sorte, sucesso e que possamos, no próximo ano, estar aqui lendo uma retrospectiva diferente, com boas notícias!!!! :-))))))

  11. Eu consideraria o ano de 2008 muito mais rentável do que 2007 já que o ano” agora retrasado” contava com um monte de sequências fracas e desnecessárias Shrek 3, Piratas do Caribe 3 Homem Aranha entre outros.

    ah e como fã de filmes de terror eu curti Cativeiro, só achei estranho mesmo porque foi o mesmo diretor de “Os Gritos do Silêncio”

    e eu nem sabia do Brad Renfro.

    Gde abraço

  12. Hugo, eu não consegui gostar de “Jogos do Poder”, ainda que considere o seu primeiro ato bem atraente.

    Marcelo, sobre as sequências eu concordo plenamente com você. Uma pior ou mais decepcionante que a outra. E detestei “Cativeiro” com todas as minhas forças. Ainda bem que um pouco depois desse filme eu me “refresquei” com “A Missão”. E sobre Renfro nem fico tão surpreso, vendo a pouca divulgação sobre o seu falecimento. Abraço!

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s